Sarau solidário e a peça de teatro “No fotógrafo” – Centro Cultural de Alcains, sábado 10 de fevereiro

    Na passada noite de sábado, dia de 10 de fevereiro teve lugar, no Centro Cultural de Alcains, um sarau solidário a reverter a favor dos alunos carenciados do Agrupamento de Escolas José Sanches e S.Vicente da Beira. Esta iniciativa nasceu de um grupo de pais de alunos do 1.ºCiclo do Ensino Básico deste Agrupamento que, no ano letivo transato, preparam a peça de teatro intitulada “ No fotógrafo” com adaptações de Horácio Jorge, a fim de presentearem os seus filhos na festinha de final do ano, na escola. Assim, este grupo de pais teve a generosidade de partilhar este trabalho delirante com toda a comunidade. Como verdadeiros amadores, no sentido de quem “ama o que faz” dedicaram-se afincadamente durante um mês e meio, ensaiando todos os domingos, no salão da junta de freguesia de Alcains, melhorando a peça, reinventando personagens e fazendo adaptações para um público, desta vez, mais adulto.

       O programa deste sarau contou ainda com a interpretação do poema “ Cântico negro” de José Régio pelo grupo de teatro do Agrupamento “ Os Imprevisíveis” que, duma forma mais intimista e introspetiva, deu início ao espetáculo. Seguiu-se a atuação de alguns alunos deste Agrupamento a frequentar o ensino articulado que interpretaram brilhantemente quatro momentos musicais.

      Finalmente, o momento tão esperado… o teatro dos Pais! Durante cerca de 45 minutos, as gargalhadas não cessaram à medida que o desfile destas personagens tão emblemáticas como patuscas deram corpo à ação!

        Foi, sem dúvida um serão muito agradável numa noite gélida em que, de certeza, o coração de quem lá esteve regressou a casa, um pouco mais quentinho!

A todos os que tornaram este sarau solidário possível o nosso Bem-haja!